Após ouvir sua história, mulher adota bebê de mulher que ela conheceu no avião

Após ouvir sua história, mulher adota bebê de mulher que ela conheceu no avião

Qualquer pai ou mãe concordaria em dizer que a melhor decisão a se tomar é sempre aquela que for melhor para seus filhos. Existem pessoas que às vezes se veem numa situação tão complicada que podem acabar decidindo que deixar que seu filho com outra pessoa seja o melhor a ser feito. Ninguém sabe melhor a dificuldade de se tomar essa decisão do que a corajosa Samantha Snipes, de Arkansas.

Uma jovem com filho

Samantha tinha apenas 24 anos quando engravidou do primeiro filho. Ainda que para alguns não pareça uma mãe tão jovem assim, para ela, ser mãe não era apenas uma questão de idade.

Uma jovem com filho

Ela queria esperar para ter mais preparo financeiro e emocional antes de se comprometer a cuidar de uma criança por toda a vida.

Em perigo e no olho do furacão

Ser mãe significa dar sempre o melhor para seus filhos. Mesmo que Samantha já amasse muito a criança que crescia em sua barriga, ela sabia que não estava pronta. Ela ainda se sentia como uma criança e, para piorar, estava num relacionamento bastante turbulento com o pai do bebê.

Em perigo e no olho do furacão

Ele não vinha tratando Samantha bem, e por mais que ela quisesse se afastar dele, tinha muito medo. O pai da criança era um péssimo ser humano, e ela não queria mais estar perto dele.

Em fuga

O pai da criança foi tratando ela cada vez pior, e a gota d’água foi quando ele tentou estrangulá-la. Depois de ter dado várias chances a ele, Samantha sabia que tinha que ir embora, para sua própria segurança e a do bebê.

Em fuga

Ela saiu naquela noite determinada a nunca mais olhar para trás. Pegou um voo para a casa de sua mãe, onde ela morava com sua namorada. Podia não ser o ideal, mas no momento aquele era o lugar mais seguro para ficar.

Pensando no futuro

Embora Samantha e sua mãe ainda conversassem de vez em quando, o relacionamento delas não era o melhor do mundo, isso por causa de problemas com abuso de substâncias por parte da mãe, algo que afetou muito Samantha ao longo de sua infância. Ela sempre amou a mãe, mas ainda havia muito ressentimento e tristeza que ela carregava desde sua dura infância.

Pensando no futuro

Agora, anos depois, voltando a morar com a mãe, e dessa vez como uma jovem no meio de uma gravidez, Samantha não via outra saída.

Preocupada sobre o futuro

Ela acreditava que ainda não estava em uma fase da vida em que tivesse condições para criar um filho, então começou a considerar as opções que tinha. A mãe não apoiava nenhuma opção extrema, e Samantha tampouco queria pensar em algo do tipo. Mesmo estando no olho do furacão, ela não queria ter que tomar uma medida drástica.

Preocupada sobre o futuro

A única opção real era a adoção e, por mais que o pensamento de doar seu filho partisse seu coração, Samantha continuava pensando em como o futuro do bebê poderia ser mais feliz assim.

Esperando uma oferta

Depois que Samantha e sua mãe conversaram com várias agências de adoção, a futura vovó insistiu que ela deveria cuidar de seu filho. Sua mãe não conseguia suportar a ideia de seu neto ir para uma família estranha, então ela disse que criaria o filho como se fosse seu.

Esperando uma oferta

Embora isso fosse mesmo uma opção, Samantha odiava pensar que seu próprio filho experimentaria a mesma dor que ela teve que lidar quando era criança. Sua mãe ainda tinha problemas com abuso de substâncias quase diariamente, e Samantha sabia que, por mais que a avó falasse que cuidaria de seu filho, ela tinha menos condições que a filha para cuidar de um bebê.

Encontrando um amigo

Samantha estava depressiva, e a preocupação com o que ela iria fazer estava chegando a níveis extremos. Bem ou mal, talvez sua mãe cuidar do bebê fosse a única opção. Mas ela mal sabia que as coisas estavam prestes a mudar.

Encontrando um amigo

Havia uma luz no fim do túnel, e tudo tinha a ver com um garoto que ela conheceu na internet. Samantha gosta de jogos online, usando o jogo como forma de escapar dos seus problemas. E durante seus dias mais sombrios, começou uma amizade com alguém enquanto jogava League of Legends. Ela falou sobre toda sua vida abertamente com ele.

Encontrando um novo amor

Ele foi uma pessoa incrível, fazendo com que Samantha se sentisse aceita e amada como nunca havia sentido. Eles conversavam por várias horas seguidas, o dia inteiro e a noite inteira. Ele dava conselhos sobre a situação dela e falava que estaria lá para ela a todo custo.

Encontrando um novo amor

Mesmo sem nunca terem se encontrado pessoalmente, ela estava se sentindo apaixonada. Ele morava a quilômetros de distância, na Carolina do Norte, mas isso não seria um problema na hora de dar o próximo passo em seu relacionamento.

Um encontro por acaso

Ele insistiu que ela fosse visitá-lo e não aceitou “não” como resposta. Finalmente, Samantha foi para a Carolina do Norte. No voo, a mulher sentada ao lado de Samantha pôde ver que ela estava visivelmente nervosa!

Um encontro por acaso

Elas conversaram sobre suas vidas e, depois de uma hora de conversas intermináveis, ficaram muito amigas. Ela era muito calorosa e de natureza doce, tranquilizando Samantha e dizendo que tudo daria certo, desde que ela sempre colocasse as necessidades de seu filho em primeiro lugar.

À procura dos pais ideais

O nome da mulher era Temple Phipps, e Samantha ficou muito feliz em conhecê-la. Ela contou tudo sobre as difíceis circunstâncias da gravidez e disse que procurava alguém adequado que adotasse a criança.

À procura dos pais ideais

Temple explicou como ela sempre quis ter filhos, mas nunca teve. Elas não pensaram muito sobre isso na hora. Afinal, eram apenas duas estranhas num avião.

Uma mulher maravilhosa

Após um rápido voo de uma hora, as duas mulheres sentiam que se conheciam há anos. Quando desembarcaram do avião, Temple levou Samantha ao banheiro para arrumar o cabelo e refazer a maquiagem, para ter certeza de que estava com a melhor aparência possível para encontrar pela primeira vez seu namorado virtual.

Uma mulher maravilhosa

Samantha não recebia essa quantidade de carinho e bondade há muito tempo, e isso fazia com que ela se sentisse otimista com o futuro.

Entrando em trabalho de parto

As duas trocaram números, depois Temple desejou boa sorte e disse para Samantha ligar para ela, caso precisasse de algo. Ótimo, mas agora é hora de conhecer o novo amor da vida dela! Então, com um sorriso no rosto, Samantha foi direto para seus braços.

Entrando em trabalho de parto

Ele era gentil e agradável pessoalmente também. E olha só, foram necessários apenas três dias juntos para Samantha começar a ter contrações. No começo, eles acharam que era alarme falso, mas depois as contrações começaram a ficar cada vez mais fortes. Ela realmente estava entrando em trabalho de parto!

Um lindo garoto

Seu novo namorado decidiu que ela precisava ir imediatamente ao hospital e, assim que chegaram, disseram que ela precisava começar o parto na hora. Apenas 12 minutos depois, um lindo menino veio ao mundo.

Um lindo garoto

Ele pesava apenas 2,7 kg e Samantha estava muito feliz por ele ter nascido bem e saudável. Ela decidiu chamar ele de Vaughn. Samantha amava muito o bebê, achava ele perfeito! Mas as coisas ainda não estavam como ela gostaria.

Entendendo que algo está errado

Ela pediu logo para as enfermeiras que tivesse seu momento juntinho de seu filho Vaughn e, logo percebeu que por mais que sentisse amor por ele, não era um vínculo maternal. Isso devastou Samantha. Ela sabia em seu coração que algo simplesmente não estava certo.

Entendendo que algo está errado

Samantha passou os próximos dias ainda mais confusa e nervosa. No dia em que seu namorado teve que ir trabalhar, ela foi deixada sozinha na cama de hospital. Ligou chorando histericamente para a mae, que mandou Samantha voltar imediatamente para casa.

Estendendo a mão novamente

Falar com a mãe por telefone fez com que toda a sua preocupação e nervosismo voltassem rapidamente, e foi só desligar que Samantha explodiu em lágrimas. De repente, uma ideia brotou em sua mente. Temple, a mulher do avião! Ela ainda tinha o seu número e, afinal, a mulher havia insistido que ela telefonasse caso precisasse de qualquer coisa. Por que não ligar para ela?

Estendendo a mão novamente

Na mesma hora, ela ligou para Temple, dizendo que o bebê havia nascido e que ela precisava de ajuda. Carinhosa como era de se esperar, Temple foi ao hospital de braços abertos.

Um belíssimo novo laço

As duas conversaram por horas, e Samantha perguntou se ela queria alimentar Vaughn. Ela aceitou, empolgada com a ideia, e assim que pegou ele, Samantha percebeu que os dois haviam sido feitos em para o outro.

Um belíssimo novo laço

O bebê e Templo imediatamente se uniram, e Vaughn sorriu de volta para ela, com os olhos arregalados e cheios de felicidade. Naquele momento, Samantha sabia que ela seria a mãe perfeita para Vaughn. E Temple pela primeira vez sentia que estava formando uma família.

Fazendo a pergunta

Durante as conversas, Samantha acabou perguntando se Temple gostaria de adotar Vaughn. A princípio, ela ficou surpresa. Vaughn era o garoto mais bonito que ela já havia visto, e ter um filho era algo que ela sempre quis, mas é claro que a decisão era importante e era impossível não ser pega de surpresa numa situação dessas.

Fazendo a pergunta

Depois de superar o choque inicial, Temple aceitou a oferta, e ambas começaram imediatamente a chorar juntas. Foi um momento que mudou as duas vidas. As três vidas, na verdade.

Fazendo acontecer

Para oficializar tudo, elas tinham que legalizar a adoção. Fizeram tudo o mais rápido possível, porque ambas sabiam no fundo de seus corações que essa era a decisão certa a se tomar, não apenas para eles, mas para Vaughn. A vida parecia ter finalmente sorrido para Samantha, assim como também para Temple.

Fazendo acontecer

A nova mãe amou Vaughn como se ele fosse seu. No entanto, havia mais uma pessoa que precisava ser informada sobre a situação: a mãe de Samantha.

Tomando a decisão certa

Sua mãe não reagiu bem, mas isso não prejudicou a consciência de Samantha em nenhum momento, já que ela sabia que havia tomado a melhor decisão. Era algo certo, natural. Dar Vaughn a Temple fazia sentido.

Tomando a decisão certa

Foi algo que não apenas deixou ambas felizes, mas também havia dado um futuro brilhante e feliz a Vaughn. A infância de Samantha não foi nada boa, e saber que a educação de Vaughn seria diferente, fazia Samantha mais feliz do que nunca.

Abrindo novos caminhos

Agora, sabendo que Vaughn ficaria bem, Samantha poderia começar a reconstruir sua vida, recolhendo os cacos de vidro quebrados que estavam espalhados por aí , deixados não apenas devido à sua infância conturbada, mas também pelo relacionamento abusivo que ela havia tido com o pai de Vaughn.

Abrindo novos caminhos

Eram novos caminhos brilhantes que estavam prestes a serem iniciados, e Samantha se sentia mais pronta do que nunca para começar este novo capítulo em sua vida. Ela não estava mais sozinha. Ela não sentia mais medo.

Começando uma nova vida

O namorado de Samantha finalmente conseguiu convencê-la de que eles deviam se mudar para um apartamento juntos na Carolina do Norte. Depois de irem morar juntos, o romance ficou ainda mais forte. Em maio de 2019, eles comemoraram o segundo aniversário juntos e estão mais felizes do que nunca.

Começando uma nova vida

A família dele também ama Samantha. Ele comprou uma câmera para ela, com a qual Samantha descobriu-se uma fotógrafa fantástica. Agora segue uma carreira no mundo da fotografia. A vida está indo muito bem para ela, e o melhor é que ela continua vendo Vaughn de vez em quando.

Olhando para o futuro

Ela e Temple ainda têm um relacionamento próximo. Elas conversam quase todos os dias e Samantha pode ver Vaughn quantas vezes quiser. Saber que seu filho biológico agora tem uma mãe amorosa dá a ela uma sensação de conforto.

Olhando para o futuro

Temple também é agradecida por ter encontrado Samantha em sua vida, e todo o círculo de amizade que se formou entre as duas. Que o futuro seja repleto de sorte e felicidade para os três!

Isenção de responsabilidade: algumas fotos podem ter sido usadas apenas para fins ilustrativos. As pessoas ou lugares nessas fotos não devem ser associados ao artigo.